segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Cio da estação




Que chegue a nova estação!

Por algum tempo fiquei distante daqui, por falta de tempo ou por não curtir o tempo. A estação vai partindo e a primavera vem bailando, linda nos galhos esverdeados das árvores. Os pássaros começam a cantar mais e a melodia é inconfundível: a alegria de um tempo de flores, beleza, criação e perfume.

Cantam os poetas a beleza dos dias ensolarados, com céu azul e crespúsculo alaranjado.

As matas ficam mais agitadas com as orquestras dos pássaros. Todos estão a enamorar, e nós ficamos entusiasmados com tanta alegria, beleza e magia. Cantam a vida, os apaixonados por ela!

Primavera, estação de muita beleza.

Da janela do meu trabalho a árvore que contemplo está toda esverdeada e com suas flores amarelas. Parece um pedaço do meu Brasil - verde/amarelo.

Cantemos o sexo da criação, pois agora as flores se multiplicam os perfumes em seus pólens. É a fragância sedutora que invande nossos pensamentos deixando-nos mais apaixonadas.

Creio que a sedução da vida é o grande cio que todos sentimos quando estamos apaixonados.

Que nossos próximos dias sejam de acasalamento com a natureza.

Crisjoli Fingal

Cora Coralina

Loading...