segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Cora Coralina

 (Hoje celebramos o natalício de Cora Coralina (20/08/1889 - 10/04/1985) - 123 anos.
 Nasceu na Cidade de Goiás (GO) Ana Lins dos Guimarães Peixoto Bretas )

Às margens do rio vermelho corre serenamente as águas poéticas de um tempo que se eternizou pelos becos e nas pedras da cidade de Goiás.

Cora desperta como nunca, na sua lira poética.
Suas raízes brotam mais uma vez do chão fecundo da literatura.

Cora que tem coragem.
Que tem raízes.
Cora, chão que permitiu a semente a germinar.

Cora de todos os tempos.
Tempo fora do tempo.
Cora, além fronteiras.
Das invernadas sem fim...

Cora da terra e lavra.
Cora das mulheres, dos fracos e indefesos.
Cora que é melodia, prosa e versos.

Cora Coralina,
De todos os dias, 
De todos os momentos,
De todos os discursos...

Cora vida no leito
Leito que dá vida.
Vida corrida...
Coração ao peito
Coralina Coragem
Cora Coração...

 Crisjoli Fingal

terça-feira, 14 de agosto de 2012

VOCAÇÃO

“O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada, caminhando e semeando, no fim terás o que colher” 
Cora Coralina

          A vida de todo ser humano é um dom de Deus."Somos obra de Deus, criados em Cristo Jesus"(Ef 2,10). Existimos, vivemos, pensamos, amamos, nos alegramos, sofremos, nos relacionamos, conquistamos nossa liberdade diante do mundo que nos cerca e diante de nós mesmos.

         Não somos uma existência lançada ao absurdo. Somos criaturas de Deus.

         Não existe homem que não seja convidado ou chamado por Deus a viver na liberdade, que possa conviver, servir a Deus através do relacionamento fraternal com os outros.


Vocação humana - Ser gente, ser pessoa

        Foi nos dada a condição da "liberdade dos filhos de Deus", inteligência e vontade. Estabelecemos uma comunhão com o Criador e, nessa atitude dialogal, somos pessoas. A pessoa aprende a conviver, a dialogar, enfim, a se relacionar. Todos têm direitos e deveres recíprocos.

        Infelizmente, a obra-prima do Criador anda muito desprezada: enquanto uns têm condições e oportunidades, outros vivem na miséria, sem condições básicas para ressaltar a dignidade com que foram constituídos. No mundo da exclusão acontece a "desumanização"'e pode-se perder a condição de pessoa humana. 


quarta-feira, 1 de agosto de 2012

BONDADE



Pratico a palavra do tempo presente
Com o meu bom dia e muito obrigado
Apesar de ver por ai tanta gente
Que parece que só vê o mundo zangado

A gente aprende a driblar os problemas
Espelhando com aqueles que são bons
Construindo com a vida seus esquemas
Que às vezes nem escutamos seus sons.

Porém, existem tantos fracos por ai
Que pensam em articular e fazer o mal
Não conseguem abrir os lábios pra sorri
E seus olhos são tristes e o coração fatal
Para estes, a minha prece inicial.

 Crisjoli Fingal

Cora Coralina

Loading...