sábado, 10 de outubro de 2009

ABALO


Fico a espera
De um sentimento
Para tentar convencer-me
De que ando no caminho certo.

Toda tentativa,
Até então
De nada me acrescentou.

Sei que meus passos
São tão fortes
Quanto meus pensamentos,
E toda atitude
Reforça o abalo
Das minhas convictas utilidades.

Vou, agora
Para o outro céu
Em busca do planetário.


Sei que lá germina
O delírio da meia-noite.

Crisjoli Fingal

Cora Coralina

Loading...