terça-feira, 26 de novembro de 2013

TONS





Que não ocorra ao vento nenhuma desilusão
por transgredir tua vaidade
e causar furor aos teus cabelos

Que valha à poesia e a ocasião
Quando fortuitamente o poeta
Estiver por perto e encontrar teus belos

Que não mensure tuas palavras em palavrões
Por desmentir tua beleza e, na avareza
Teus cachos se desfazerem em elos.

Que façam a dança volumosa
E em simpatia e tímida sensação
Teus segredos de mulher,
Em tons castanhos, ruivos, pretos, loiros ou amarelos...

Crisjoli Fingal

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

CHEIRO DE MAR




Tem cheiro de mar
Esta tarde ensolarada
Perdida ao crepúsculo
À espera da noite enluarada.

À espera da noite enluarada.
Perdida ao crepúsculo
Esta tarde ensolarada
Tem cheiro de mar.

Crisjoli Fingal

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

ENCONTRO




No hoje um dia belo
Nas asas, meu destino
Na flor faço meu elo
Feito criança feito menino...

Na manhã vou em busca
Da seiva perdida em fina flor
Não deixo que sol me ofusca
O prazer de provar do teu sabor

Meu ser  perdido neste encontro
Misturas de desejos e dor
Isto é apenas um ponto
Quero mesmo é o amor...

 Crisjoli Fingal 



quarta-feira, 13 de novembro de 2013

MITO





Tenho saudade do perfume da flor
Que ontem estava no jarro da minha mesa
Também tenho saudades do seu colorido
E da sua beleza.

Virei a página...
Eis a nova estação!
A flor que estava tão bela
Se foi...
Perfumou apenas o coração
Da pétala que restou do ontem
Virou-se  mito...

Crisjoli Fingal 

Cora Coralina

Loading...