sexta-feira, 6 de maio de 2011

Feliz dia das Mães

MÃE, AMOR ETERNO!

Lembro com carinho e emoção dos tempos em que minha barriga crescia
Você dentro dela mexia, tinha certeza de que a vida aqui fora você queria
Os meses foram passando... Minha barriga você foi modelando...
A gravidez ficou mais bonita. O último mês chegou!
Era uma tarde de verão! Céu ensolarado.
Você gritou! Você chorou!
Eu abracei você. Beijei seu rosto. Acariciei.
Dei-te carinho. Amei com amor materno
E em meus seios te amamentei
Passei madrugadas de olhos abertos, trocando suas fraldas, te medicando.
Em nenhum instante deixei nada faltar
Lembro dos seus sorrisos de criança. Suas gargalhadas.
Como foram bonitos seus primeiros passos. Aquele dia que você caiu de medo. Chorou muito! Mas, meu amor de mãe te deu confiança. Você repetiu os passos e conseguiu caminhar. Até que um dia você correu. Caminhava para todo lado. Aprendeu a andar de bicicleta. Aprendeu a comer sozinho, a tomar banho sozinho.
Chegou o dia da primeira escola. Mundo novo. Cheio de regrinhas. Limites...
Você aprendeu tudo direitinho e um dia trouxe uma cartinha com a frase: “mamãe eu te amo do fundo do meu coração”. Esta está guardada em uma mala velhinha no armário do quarto.
Você sempre recebia elogios da escola, dos professores. E eu, como “mãezona”, sempre me orgulhava de tudo isso. Isso era o amor.
Lembro-me da sua primeira eucaristia. Dos seus primeiros dias na faculdade. E como foi linda sua formatura. Lembro de tudo, e tudo que me lembro, me faz a mãe mais feliz do mundo.
Filho, meu amado filho. Sou a mãe mais feliz do mundo porque você me permitiu amá-lo com o meu amor eterno.

Crisjoli Fingal

Nenhum comentário:

Cora Coralina

Loading...