sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

TOQUES NATALINOS

5. Nas mãos de Deus – A afabilidade da acolhida.

A poucos dias do Natal, somos convidados a refletir sobre o amor de Deus que vem ao nosso encontro, para nos fazer felizes e mais humanos. A disponibilidade de Deus em humanizar-se é o gesto mais sublime do seu amor para conosco.



Segundo o Evangelho de São João “Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo 3,16).




O amor de Deus nos afaga, nos momentos mais difíceis de nossa caminhada. Deus é Amor! Ele nos ama incondicionalmente e sem reservas. Nunca exige nada em troca, por nos amar. A afabilidade e a doçura de Deus originam-se da sua benevolência, porque Deus é bom. Deus é pai bondoso e seu amor nos aconchega em todas as nossas necessidades.




Só podemos amar, porque primeiro fomos amados por Deus. Ele utiliza-se da pedagogia da misericórdia para nos ensinar o caminho do perdão. Celebrar o natal é participar do ato bondoso do Pai que nos quer reconciliar em seu aconchego de amor.




No abraço de acolhida, Deus perscruta o nosso interior, curando todas as nossas feridas e mostrando o caminho da reconciliação com o próximo. “Se nos amarmos uns aos outros, Deus está em nós, e o seu Amor em nós é levado à perfeição.” (1 Jo, 4, 12) Natal é tempo de perdão. Tempo de Amar e de recomeçar. Momento propício para fazermos uma revisão interior e, com bons propósitos seguir em frente.




Deus caminha conosco! No desterro de nossa alma, Ele nos conduz à Fonte da Vida!



Cristiano Oliveira

Nenhum comentário:

Cora Coralina

Loading...