quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

MUNDANEIDADE

Da fresta da minha janela

Vejo ao longe um ser

Caminhando pela travessa

Antes mesmo de o sol nascer.


Busca passos à sua frente

Não sei se mulher ou homem

Atravessa rapidamente

Mais rápido que o ontem.

Crisjoli Fingal

Nenhum comentário:

Cora Coralina

Loading...