quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

ENQUANTO A CHUVA CAÍA



Caía a chuva enquanto
Eu corria...
Escorrendo pela minha face
Molhando o meu corpo
Já molhado pelo suor

Os pingos do meu suor
Misturavam-se aos
Pingos d’água da chuva
Meus cabelos ficaram molhados
Eu continuei a correr...

Corria pela rua
Quase que deserta
Despedia da tarde
Quase que incerta

A chuva umedecia
Minha camisa!
Minha alma parecia mais leve...
Mais leve que a liberdade.

Meu corpo molhado
Não era mais tão cansado

Eu corria...

Brincava com chuva
Lavava meu rosto

A chuva sobre mim
Pedia licença
Para limpar meu cansaço

Eu cantava!
Pulava de alegria
Enquanto a chuva caía. 
Crisjoli Fingal 

Nenhum comentário:

Cora Coralina

Loading...