sexta-feira, 2 de março de 2012

SOBRE OS LOBISOMENS

Pra “bandas” do lado de cá 
Contam as histórias mais cabeludas 
Dizem que os lobisomens andam às soltas 
Deixando as moças, com a voz muda 

Uivando pelos campos
Não fazem mal a ninguém
Mas, dizem a lenda que eles 
Rondam a casa onde tem neném 

Outros, ainda, mais medrosos 
Contam os “causos” mineiros 
Dizem que eles, na sexta-feira 
Fazem alvoroços nos galinheiros 

Nas noites de lua de cheia 
Os barulhos dão arrepios 
O sangue aquece as veias 
E o uivado dá calafrios

 Crisjoli Fingal

Nenhum comentário:

Cora Coralina

Loading...