terça-feira, 24 de julho de 2012

FERIDA DA ALMA



Machucado está meu coração
Sem curativos para tal ferida
No perdido deste turbilhão
Sou a ovelha perdida.

Dói o peito do meu jeito
Nenhuma noite tem paz
Agora já está o tal feito
Meu amor aqui jaz.

Fiz da vida um tempo sem fim
Amei do mais profundo de minh’alma
Agora o que será de mim
Sem o amor que me acalma?

Crisjoli Fingal

2 comentários:

Maciel Santos disse...

Ferida difícil de cicatrizar essa!

Crisjoli Fingal disse...

Mas tudo se cicatriza com o tempo.

Cora Coralina

Loading...