quinta-feira, 24 de julho de 2014

Palavras Póstumas



Em algum lugar...
Distante ou ao nosso lado.
Discutem-se. Dialogam-se
Por veredas!
Por sertões!
Por rudimentares palavras.
Em letras e aos refrões.
Foram tão mortais como os imortais.
Devanearam nossos corações.
Donos de vozes para os normais.
Olharam para coisas tão reais.
Quem levou Ubaldo, quis buscar Alves
Lembrou de Ariano em seus anais.
Que vazia fica a literatura!
E a gente diz: Até mais!
                                                                                                  (Crisjoli Fingal)

Nenhum comentário:

Cora Coralina

Loading...