segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

DIVISOR DE SENTIDOS


Na curva do rio
Há um divisor de vida
Corre água para o norte
Seca o rio para o sul
Pousa o pássaro no fio
Seu canto é voz perdida
Entoa o som da morte
Leva o canto ao céu azul
Sem águas para o sul
Sem destino e sem sorte
Sem morte e sem vida
O pássaro é sem pio

Nenhum comentário:

Cora Coralina

Loading...