segunda-feira, 23 de maio de 2011

Bem Aventurada Dulce dos Pobres



O povo do Brasil emocionou-se neste último domingo (22) com o reconhecimento canônico de Maria Rita de Sousa Brito Lopes, Irmã Dulce, como bem aventurada. Com os aplausos, choros, alegria, fé e devoção o povo rezou e conclamou a "santidade" da serva dos pobres.
Os atos de caridade de Irmã Dulce são momentos de bênçãos para o povo brasileiro. As virtudes cristãs vividas e testemunhandas por uma mulher frágil fisicamente, mas forte na fé nos mostram que os caminhos do bem passam-se pela simplicidade, abnegação e humildade. As coisas acontecem verdadeiramente, a partir do momento que se coloca em primeiro lugar a pessoa do outro. Amar, acolher, respeitar a pessoa humana é atitude de ser humano. Nós podemos olhar a vida de Irmã Dulce nas alturas dos altares, mas, sobretudo, espelhar nos gestos concretos de entrega, serviço e oração. Estes passos fazem a diferença.
Interessante foi vermos a presença de tantos políticos rezando e participando socialmente, com milhares de devotos cristãos.
Pena que muitos deles são apenas da aparência, do status e não assumem os exemplos de vida que transformam vidas, para suas vidas.
Se tivermos mais gestos do que palavras, teríamos, como certeza, um país de transformação não somente social e econômica, mas de testemunho humano, ético e de muitos valores.
Irmã Dulce disse que "só com amor, fé e dedicação é possível transformar a realidade em que vivemos".
Oxalá ouvíssemos hoje a voz do Amor e buscássemos transformar a realidade do mundo em que nós vivemos.

Irmã Dulce intercedei por nós!

Cristiano Oliveira

Um comentário:

Varanda Azuis disse...

Cristiano...bom dia!

Parabéns por seu blog, gostei de passear por aqui...seguirei!

abraços...ótimo domingo prá vc!

Cora Coralina

Loading...