segunda-feira, 15 de outubro de 2012

DERIVADOS


Meus olhos têm os brilhos dos raios do sol
Com a mesma intensidade do novo amanhecer
Buscam a beleza da vida com o cântico da prece
Contemplam a esperança e o amor para crer

Do sol que deriva a vida
Clareando o novo olhar
Surge a busca do homem que caminha
Para sua vida encontrar
 
Nos campos... ruas...
Nas praças...
Acontecimentos...
Pelos jardins de rosas.
Alvorecer das aves...
Sol da vida!
Vida que ora ao sol.
Majestosa vida. 


Crisjoli Fingal

Nenhum comentário:

Cora Coralina

Loading...