sexta-feira, 9 de novembro de 2012

REMEMÓRIAS



Percorri o lado luminoso da vida
Numa manhã de pouco movimento
Tive tempo de ver o brilho do verde
E escutar o barulho das águas
Corri atrás das poeiras da estrada
Tentando pegar a força do vento
Fiz perguntas para as borboletas
E contei histórias para os pássaros
Sentei debaixo do jequitibá
E contei os números de formigas
Em ligeiras atividades.

Era tempo de primavera
E o mundo pedia paz.
Segui o som da natureza
E encontrei um vale de prece
Pedi alento para os incrédulos!
Passava-se das dez e o sino não soou
Talvez não tivesse mais razão de ser

Parei e observei brincadeiras de crianças
Eram sonhadoras e alegres
Tive saudade do meu pré-escolar.
Olhei para o meu relógio
Faltavam alguns minutos para
A tarde chegar...

 Crisjoli Fingal

Nenhum comentário:

Cora Coralina

Loading...