domingo, 1 de março de 2015

DEPOIS


Depois de amar,
Aventurou-se em uma nova estação.
Depois da estação,
Estacionou-se o passado em breves despedidas.
Depois da despedida,
Despediu-se sem medo de deixar o olhar.
Depois do olhar,
Olhou-se, profundamente, para o chegar da tarde.
Depois da tarde,
Entardeceu-se com o voo dos pássaros.
Depois do voar,
Voou-se sem se quer saber seu destino.
Depois de saber,
Destinou seu coração para aventuras...
Cristiano Oliveira

Nenhum comentário:

Cora Coralina

Loading...