quarta-feira, 9 de maio de 2018

MINHA VIDA, MINHAS PERDAS



O céu veio pra quem?
Sem pedir permissão de minha alma
Ele disse ser dono do além.
Com sua pequena palma
Tomou-o pelas mãos...
Levou o amor construído.
Fez ficar distante minhas terras
Distanciou-se meus sonhos
E minhas lutas.

Por este céu a vida se foi
Sei que um dia
A minha também vai...
Assim como a folha cai.
A certeza não é vazia

No chão que acolhe
O amor também recolhe.
Planto minhas saudades
Em vasos de tristeza
E se algum dia
Houver o encontro
Que vire caminho
De eternidade...


Nenhum comentário:

Cora Coralina

Loading...