domingo, 20 de janeiro de 2013

DILEMAS



LIBERDADE E AVENTURA (dilemas)

Há dilemas que fazem minha vida
Preenchendo minha cabeça!
Renunciar o amor pela liberdade,
trocar sentimentos por  aventura.
Talvez se aventurar numa paixão
e tentar descobrir a liberdade de amar.
Dilemas!

Uma boa parte desta liberdade
Está no fato de não ser emocionalmente
dependente de ninguém.
Mas depois de um bom tempo sozinho,
quero me aventurar muito mais neste louco desejo.
Mas, o que desejo? O que quero sentir? Onde quero viver?

No meu mundo!
Do tamanho da minha imaginação

preciso me amar mais...
fazer mais amor...
beber uma dose todas as noites...
dormir menos...
correr todos os dias...
abrir as janelas na madrugada...
ler dois livros por semana...
pedir 'bis' para o que gostei...
subir os picos mais altos...
navegar nas nuvens...
e caminhar nas estrelas...
Só preciso trocar a vida em miudos
e vivê-la a meu modo!

Há novos perfumes que preciso sentir,
novos mares que preciso navegar,
novas estrelas pra contemplar,
outras bocas pra beijar,
novas pessoas para sorrir,
novos dias para sonhar
Talvez um alguém para amar!

Trilhando o caminho da vida,
estes são meus dilemas.

E o que fazer?
Talvez seja melhor não encorajá-los,
para não ter que correr deles
ou correr com eles.
Afinal, o que fazer com os dilemas
implica num dilema!
Talvez seja melhor vivê-los!
E a vontade de viver,
não pode jamais, se tornar um dilema.

(Por Crisjoli Fingal e Herbert Godoi)

Nenhum comentário:

Cora Coralina

Loading...