terça-feira, 29 de janeiro de 2013

EU, POR MIM MESMO!



Eu fico com o suspiro da noite, com a chama que ainda fumega e que abrirá a aurora do novo dia.
Fico com a beleza do silêncio que me fala mais alto do que minhas perguntas. 
Fico com a página em branco, para desenhar e reescrever os erros, assim que for possível.
Fico com as mãos em prece, para aprender a pedir e a agradecer.
Fico com os olhos fitados no Deus que nos fez tão humanos e que nos ama do nosso jeito.
Fico com as incertezas das coisas incompreensíveis e que exigem tanto de nós.
Fico com o projeto de viver, mesmo que seja por só mais um dia.
Fico com a palavra aberta para aliviar os sofrimentos dos solitários.
Fico com aqueles e com aquelas que esperam confiantemente o tempo de viver a metamorfose ontológica.
Fico comigo mesmo quando não posso ficar alheio a mim. 


Crisjoli Fingal

Um comentário:

"Alma Exposta" disse...

Vim alimentar meu espírito da sua Poesia.

"Fico com as incertezas das coisas incompreensíveis e que exigem tanto de nós."

Simples e verdadeiro...

Poeta encantada com sua Poesia e
encantada te sigo...

"Alma Exposta"
Poetas, Poemas e Poesias
http://haydeecerantola.blogspot.com

Cora Coralina

Loading...